quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Representantes do Sebrae do Amazonas vêm a Paraíba do Sul conhecer o sucesso do REGIN

Mais uma vez Paraíba do Sul recebeu profissionais de outros estados para conhecer o sistema Registro Integrador da Junta Comercial do Rio de Janeiro - REGIN. Desta vez uma equipe do Sebrae do Amazonas esteve no município para conhecer o sucesso do sistema e o desenvolvimento local.
Na manhã desta terça-feira, dia 24 de fevereiro, o grupo se reuniu com o chefe do executivo Márcio de Abreu Oliveira, com o Secretário de Mauro Lúcio Zefferino, e o Secretário de Indústria e Comércio Leandro Holak. Na parte da tarde o grupo participou de uma capacitação sobre a utilização do REGIN, sistema que permite mais agilidade em abertura de empresas.

Paraíba do Sul já recebeu representantes de diversos municípios do Brasil, que vieram conhecer o sistema, que hoje é classificado como município pioneiro em utilizar o sistema com 100% da sua funcionalidade, desde o pedido de viabilidade até a disponibilização do alvará, tudo através da internet. O sistema, implantado em 16 de novembro de 2013 é mais uma das conquistas do Governo Marcinho e, em menos de um ano, já se torna destaque estadual devido ao seu bom funcionamento. Para se ter uma ideia do sucesso do novo sistema, o número de empresas formalizadas em Paraíba do Sul triplicou após a implantação do REGIN, de acordo com o SEBRAE/RJ.

Fonte: Secom PMPS.

Um comentário:

  1. Esse blog vivia publicando fotos de ruas esburacadas e de outros tantos problemas na cidade. Os problemas só pioram a cada dia que passa, mas o blog deixou de noticiar. Espero que volte com carga total, pois a cidade vai de mal a pior. Porque essa mudança?

    ResponderExcluir

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.