sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Fundação Cultural anuncia novas turmas de teatro para 2015

A Presidente da Fundação Cultural, Verônica Rocha, falou sobre a evolução da cultura em Paraíba do Sul em entrevista à Rádio Jornal FM no dia 14 de janeiro, quarta-feira. Entre as várias ações citadas pela Presidente, uma das principais foi a reforma do Museu de Inconfidência, no Distrito de Sebollas.
‘’Quando assumi a presidência da Fundação Cultural, minha primeira ação foi percorrer para conhecer os equipamentos culturais que estariam sob minha administração. Visitei então os museus, as quatro bibliotecas, o centro cultural e o Teatro Municipal Mariano Aranha. Museu de Tiradentes me chamou a atenção, pois se encontrava bastante deteriorado, necessitando de obras simples. E foi justamente o que realizamos, em parceria com Secretaria de Obras foram feitas as obras necessárias, em apenas um mês”, contou Verônica”.
Outra conquista do atual Governo foi a abertura das portas do Teatro Municipal Mariano Aranha, desde 2013, para toda população. “Começamos a servir os grupos de teatro para ensaios e realização de aulas de teatro no período noturno. Por uma determinação do Prefeito Marcinho, uma marca do nosso trabalho é voltar a fazer com que o teatro seja mesmo um equipamento funcional para realização de peças teatrais, dança, música, literatura”.
Segundo a Presidente, na verdade esse movimento que está apenas começando, porque as coisas precisam de tempo até mesmo para se solidificar. “Queremos atrair cada vez mais os artistas para o teatro. Ainda não conseguimos ter uma programação constante, mas esse é nosso objetivo, ter eventos todos os finais de semana. Estamos trabalhando também para equipar o teatro, o que é fundamental para ampliarmos a agenda”.
Verônica falou também sobre o projeto sociocultural da Fundação, que são as aulas de teatro para os munícipes. “Nesses dois anos disponibilizamos aulas com professores profissionais do Rio de Janeiro e Juiz de Fora. Este ano de 2015 vamos ampliar o número de grupos de dois para quatro. E uma novidade: uma dessas turmas vai se transformar no grupo do município, que nos representará fora da nossa cidade. As matrículas para as turmas de teatro 2015 estarão abertas no período de 26 a 30 de janeiro para alunos que já faziam partes das turmas nos anos anteriores. Para alunos novos, as matrículas acontecem 2 a 13 de fevereiro. Este ano as aulas acontecem segundas e quartas feiras.
 Sobre o festival Paraíba Cena Sul, que aconteceu no ano de 2013, Verônica disse que foi um dos maiores movimentos culturais que aconteceu no município. “O festival Paraíba Cena Sul realizado no ano de 2013, foi um movimento cultural que trouxe centenas de pessoas de todos os lugares, e fez com que as pessoas se encantassem pelo município. E no ano de 2014 o festival dobrou com a presença do público e atrações oferecidas, e nesse ano ainda vou deixar na suspense”.
A Presidente da Fundação Cultural também falou sobre a importância do Conselho de Cultura. “A minha intenção é que o Conselho de Cultura fique cada vez mais ativo, porque é uma forma dos outros setores da prefeitura que fazem parte do conselho, entenderem e contribuírem para que a cultura, bem como os representantes da sociedade civil. Nós convocamos artistas da cidade de varias facções para participarem também do Conselho e esses vêm contribuindo muito para ajudar solucionar questões. Ter um conselho de cultura forte, faz com que o próprio município alto se fortaleça. Precisamos fortalecer as coisas que temos, sem precisar buscar muito o de fora. Nós temos um movimento cultural muito grande, nós temos música, poesia, teatro, entre outros. A ideia é juntar e fortalecer ainda mais a cultura no município. Nós vamos propor esse ano um recadastramento de todos os artistas locais, e com isso a Fundação Cultural vai traçar um plano para ajudar, alavancar e alimentar esses artistas. É a principal função da cultura”
A entrevistada disse ainda sobre as metas para 2015. “A base para desse ano é a gente se fortalecer, para alçar vôos maiores. A ideia é da cultura alto se gerir. Voltar a fazer funcionar o bar da Fundação Cultural, para que isso possa gerar uma renda para a própria Fundação se manter. Vamos fazer o recadastramento dos artistas locais, produzir sarau com artistas locais e convidados. Círculos de leitura, textos dramatúrgicos, teatrais, para que as pessoas conheçam e tenham mais acesso a cultura. Existe também um projeto de revitalização a galeria subterrânea da Estação. Mas a principal noticia, mais bacana que quero anunciar, é que depois de dois ano lutando muito a Prefeitura junto com Fundação Cultural conseguiu a aprovação do ministério da cultura para o projeto de restauração da Igreja do Rosário. Passamos um ano montado o projeto, é um projeto de mais de 500 páginas, com parecer de  arquitetos, arqueólogos, uma serie de profissionais envolvidos no projeto,  e depois ele levou mais um ano para ser aprovado no ministério da cultura. Então vai ser um ganho maravilhoso para gente quanto cidadão, para o municipio0 e turismo cultural. A idéia é restaurar a Igreja Rosário que estava abandonada há anos, e trazer ela de volta para gente” -   destacou Verônica.

Verônica finalizou convidando a população para o espetáculo, “O Tombo”. A peça trata-se de uma comédia do grupo de teatro do Rio de Janeiro, que apresentará gratuitamente nesse domingo, dia 16 de janeiro, às 19 horas, no Theatro Municipal Mariano Aranha.

Fonte Secom PMPS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.