quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Alunos do RJ desenvolvem projeto econômico de automação residencial

Criatividade e tecnologia. Os formandos da Escola Politécnica em Araruama, no Rio de Janeiro, desenvolveram um projeto de automação residencial bastante econômico. Os comandos são enviados por voz ou por um simples toque no celular.
Já imaginou fechar as cortinas de casa com duas palavras? Para abrir, basta um toque no celular. Fazer café ficou bem mais simples. E para acender as luzes da sala é só dar a ordem.
Tudo isso, não é só comodidade, não, é economia também e, por que não, segurança? Se precisar sair de casa por alguma emergência e esquecer a lâmpada acesa, um controle de status confere com um sistema se ela está acesa ou apagada. Uma vez acionado, um sensor com bateria independente envia um alerta direto para o celular.
A casa inteligente já saiu dos desenhos animados e virou realidade e tendência de mercado. O diferencial do projeto dos alunos de Araruama é a redução do custo do sistema automatizado.
Um sistema de automação residencial hoje, para uma casa de 100 metros quadrados, só os equipamentos, sem a mão-de-obra, custa, em média, R$ 6 mil. Em um projeto, o custo total não chegou a R$ 600.
Muitos truques impressionam pelo material utilizado, como um motor de vidro elétrico de carro, que era sucata.
Fonte G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.