terça-feira, 7 de outubro de 2014

Segundo bonde chega a Santa Teresa

Primeiro veículo iniciou testes nos Arcos da Lapa na semana passada
O segundo dos 14 novos bondes de Santa Teresa chegou, neste domingo (5/10), à Estação Carioca. O veículo já está passando por testes estáticos, que incluem equipamentos, componentes e comandos. Em seguida, serão realizadas as avaliações dinâmicas, com simulação de carga com sacos de areia, teste para maiores inclinações e operação assistida sem passageiros. Outros 12 bondes estão sendo fabricados na empresa TTrans, em Três Rios. Até novembro, está prevista a chegada do terceiro veículo.

O primeiro bonde, que passa desde agosto por avaliações estáticas e dinâmicas na Rua Joaquim Murtinho, iniciou os testes nos Arcos da Lapa na semana passada. Desde o dia 1º de outubro, o trecho em operação vai do Largo do Curvelo até a Estação Carioca.
– Estamos devolvendo à população do Estado do Rio de Janeiro um dos principais ícones da cidade maravilhosa. Os novos bondes têm o que há de mais moderno em termos de segurança e confiabilidade. – disse o secretário da Casa Civil, Leonardo Espíndola. 
Já foram instalados cerca de 3,5 km de trilhos e rede aérea na região. O traçado total é de 10,5 km. A subestação de energia e a oficina também passam por reformas. Ainda está prevista a reativação do trecho até o Silvestre, que estava desativado há anos.

Tradição e tecnologia

Os novos bondes serão colocados em funcionamento com estrutura de aço reforçado, revestida com fibra de vidro, para garantir mais segurança aos passageiros. Os veículos contam com moderno painel de comando, sistema de tração controlado eletronicamente, motores de última geração com menor consumo de energia, sistemas de freios dinâmico e magnético, GPS, sistema de som para comunicação com os usuários, estribos retráteis e quatro câmeras de monitoramento.
 Os novos bondes, que tiveram o visual original aprovado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e Inepac (Instituto Estadual do Patrimônio Cultural), preservam as características estéticas tradicionais, entre elas a identidade visual, dimensões, cores, conjunto estético e os bancos de madeira. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.