domingo, 19 de outubro de 2014

Relíquia com sangue de Dom Orione se despede de Paraíba do Sul


A Capela de Dom Orione, localizado dentro do Instituto Imaculado Coração de Maria (Seminário), onde foi celebrado o terço em despedida a relíquia Dom Orione, neste sábado.
A relíquia está percorrendo todo território brasileiro para celebrar o Centenário da Presença Orionita no Brasil, que iniciou em 1914 e segue até os dias atuais.

            Segundo a arquidiocese, no Relicário está contido o sangue de São Luís Orione. É um pouco do sangue impulsionado no sistema circulatório pelo seu coração "sem fronteiras", que alcançou todos os órgãos e tecidos do seu corpo, participando de todas as atividades funcionais do organismo do "santo da caridade".

            Dom Luís Orione, o fundador da Pequena Obra da Divina Providência, nasceu em Pontecurone (Itália), em 23 de junho de 1872, de uma família humilde. Com pouco mais de vinte anos, começou a interessar-se pelos jovens pobres, acolhendo-os em uma casinha no bairro de São Bernardino - Tortona, em 1893. Aquele foi o início de um longo caminho que levou Don Orione a difundir pelas estradas do mundo as riquezas espirituais e materiais provenientes da Divina Providência e do seu coração sem fronteiras.

            A relíquia percorreu em procissão o interior do Seminário logo após vários fiéis rezarem o terço. Em seguida, seguiu em carreata para a Matriz de São Pedro e São Paulo, no centro de Paraíba do Sul, onde foi celebrada uma santa missa pelo Frei Ilson Fontenele- pároco da matriz de São Pedro e São Paulo. O portal Paraíba do Sul Agora realizou a cobertura das celebrações com exclusividade.



VEJA MAIS FOTOS CLICANDO EM MAIS INFORMAÇÕES




























































































Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.