quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Escritor umbandista vem do Rio de Janeiro lançar livros em Paraíba do Sul


O estudioso em religião e umbandista André Cozta, da cidade do Rio de Janeiro, esteve presente em Paraíba do Sul na semana passada pela segunda vez para lançar mais um de seus livros ditados, segundo ele, por caboclos, pais de santo, mães de santo e espíritos desencarnados. O lançamento aconteceu no terreiro Dois Irmãos Unidos, localizado no bairro Jatobá.

            André lançou três livros, que foram publicados pela Madras Editora. Um deles, que já foi lançado no ano passado no mesmo terreiro, é o "Relatos Umbandistas", uma obra simples e que, através desta característica fundamental, contém em seu teor alguns ensinamentos, provocando reflexão naqueles que a ela chegarem, especialmente, os umbandistas.

            Outro livro lançado pelo médium foi o “Contos D’Aruanda”. Segundo ele, esse livro traz aos umbandistas, em uma linguagem simples e direta, mensagens do Senhor Mestre Mago da Luz Preto-Velho Pai Thomé do Congo acerca da vida, especialmente no que tange às práticas e atitudes dos adeptos da religião de Umbanda Sagrada, neste momento de mudanças pelo qual passa o planeta. É uma obra que pretende chegar às mãos do maior número possível de umbandistas, e que deve ser lida antes de tudo com o coração.

            Seu último livro, titulado “O Preto-Velho Mago – Conduzindo uma Jornada Evolutiva” é um romance umbandista, mas também de Magia Divina. Trata-se de uma história real, que mostra o sofrimento de um espírito negativado, a partir da queda às trevas da ignorância humana, provocada pela sua negati­vação consciencial, ocorrida em algumas encarnações anteriores àquele período, por meio da vaidade, da ganância, da arrogância, do ódio e, por consequência, do uso de recursos magísticos para a realização de seus desejos mesquinhos.

            Durante uma hora, André apresentou suas obras e pôde falar sobre a importância de se estudar a Umbanda. Ele foi recepcionado por várias pessoas, entre eles o pai de santo Nelson, que o saudou com carinho e ternura.


Redação | PARAÍBA DO SUL AGORA
MAIS FOTOS CLIQUE EM MAIS INFORMAÇÕES






















































Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.