quarta-feira, 2 de julho de 2014

Vassouras inicia nova fase de oportunidades no Ensino Técnico com a ETE de Restauro Carlos Frederico Werneck de Lacerda


A população da Região Sul-Fluminense passa a ter novas possibilidades de formação profissional, por meio da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), pois agora as 16:00hs desta terça-feira, 01 de julho, acaba de ser inaugurada a Escola Técnica Estadual (ETE) de Restauro Carlos Frederico Werneck de Lacerda, fruto de uma parceria da Faetec com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac).

Na ETE, os estudantes terão a possibilidade de aprender técnicas voltadas ao exercício de conservação e restauração do patrimônio cultural, justamente em uma área de preservação histórica do Estado do Rio de Janeiro. Ao todo, a unidade tem uma área total de 1.115,94 m², construída com investimentos que ultrapassam os R$ 3,7 milhões. A expectativa é ofertar cerca de 1,5 mil vagas em cursos profissionalizantes por ano.

Os cursos Técnicos de Edificações e de Conservação e Restauro, ambos na forma subsequente, ou seja, para estudantes com Ensino Médio concluído, têm duração de um ano e meio, com previsão de início em 2015. Há também a Especialização Técnica em Conservação e Restauro, que dura um ano.

No campo da qualificação profissional, as formações serão de Carpinteiro de Obras, Marceneiro, Pedreiro de Alvenaria, Estucador e Pintor de Obras. As aulas podem durar de 12 a 20 semanas, neste caso, iniciando no final de setembro, para pessoas com qualquer nível de formação.

– O curso de Restauro, inédito na Rede Faetec, é uma excelente oportunidade para quem busca uma qualificação de nível técnico. O Rio de Janeiro e o município de Vassouras oferecem um farto mercado de trabalho para estes profissionais. É mais uma conquista do Governo do Estado em sua política de incentivo ao ensino técnico - diz o secretário Tande Vieira.

Na ETE os estudantes terão acesso ao aprendizado por meio de laboratórios de Revestimento, Alvenaria, Serralheria, Construção e Restauro, Carpintaria, Pintura, Materiais, Solos e Topografia e Informática, além de biblioteca e auditório multimídia.

– A expectativa é que a instalação desta ETE promova um diferencial na formação técnica da população, uma vez que há uma grande demanda reprimida de trabalho local, que agora será atendida por esses novos profissionais qualificados para o setor – ressalta a presidente da Faetec, professora Maria Cristina Lacerda.


No Brasil, são 44 municípios considerados áreas de Patrimônio Histórico e Cultural. No entanto, especificamente no Estado do Rio de Janeiro, apenas a capital e Vassouras receberam verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) destinadas à conservação dessas cidades. Os investimentos serão aplicados na reforma de casarões, incluindo a antiga casa do Barão de Vassouras, o Casarão do Asilo Barão do Amparo e o Museu da Casa da Hera. A unidade fica na Avenida Marechal Paulo Torres, nº 551, Centro.

MAIS FOTOS MAIS INFORMAÇÕES































































Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.