sexta-feira, 23 de maio de 2014

Por não conseguir pagar marcapasso, sulparaibano corre risco de vida

Os últimos dias da família do motorista Joel Marques de Abreu, conhecido por todos como Ferrugem, de 58 anos, está sendo doloroso. De acordo com o diagnóstico, ele está com insuficiência cardíaca e graves problemas cardiovasculares, precisando urgentemente da implantação de um marca-passo multi-sitio transvenoso.
           
Marca-passo é um dispositivo de aplicação médica que tem o objetivo de regular os batimentos cardíacos. Isto é conseguido através de um estímulo elétrico emitido pelo dispositivo quando o número de batimentos em certo intervalo de tempo está abaixo do normal, por algum problema na condução do estímulo natural do coração pelos seus tecidos antes de atingir os ventrículos.
            Sem saber o que fazer, Ferrugem procurou nossa equipe de reportagem a fim de sensibilizar as autoridades e pedir à população que se empenhe em ajudá-lo, pois seu estado de saúde é gravíssimo. O Sistema Único de Saúde (SUS), segundo a legislação federal, é obrigado a financiar o tratamento, porém sua urgência é tão grande que não está sendo mais possível aguardar a boa vontade do poder público em ajudá-lo.
            Antes de se expor ao público e vir à mídia contar sua história, Ferrugem percorreu o Hospital Nossa Senhora da Piedade, em Paraíba do Sul, o Hospital de Vassouras, o Hospital de Cardiologia de Laranjeiras, na cidade do Rio de Janeiro e no Centro Referência de Alta Complexidade em Cardiologia, localizada no Fundão, RJ. Nenhuma dessas unidades de saúde conseguiu oferecer assistência para ajudar Ferrugem, pois os procedimentos necessitam ser de alta complexidade.
            O estado de Ferrugem é tão grave, que graças à insuficiência cardíaca seus pés estão inchados a ponto de romperem os tecidos (pele). Ele também está sofrendo com insuficiência respiratória, fadiga, dores da angina, entre diversos problemas ocasionados pelo seu estado clínico.
            Que este canal de informação sirva para ajudar este cidadão sulparaibano, que, infelizmente, está entre a vida e a morte. É preciso que as autoridades ou pessoas influentes ajudem-no a financiar este equipamento, pois é a única forma de salvá-lo. Os interessados em ter mais informações ou fazer contato com Ferrugem podem ligar para o número 2263-0246 ou 9 9943-2674.

Redação | Paraíba do Sul AGORA

Um comentário:

  1. vamos ajudar a salvar a vida do SR.FERRUGEM pessoal muitos desistem, mas,ele é um exemplo de luta pela vida.OBRIGADO A TODOS QUE AJUDAREM.CLEUSA PEIXOTO

    ResponderExcluir

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.