quinta-feira, 17 de abril de 2014

FEDERAÇÕES DE ARTES MARCIAIS TERÃO QUE REGISTRAR SEUS MESTRES


A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta quarta-feira (16/04), em primeira discussão, o projeto de lei 1.477/2012, pelo qual as federações de artes marciais são obrigadas a ter registro próprio em seus quadros de todos os lutadores que tenham grau de mestre, faixa preta ou equivalentes.


O texto aprovado, do deputado André Lazaroni (PMDB), diz que o registro deverá ser feito no prazo de 30 dias a contar do recebimento do título. “É importante que as federações de artes marciais tenham registro de seus lutadores com maior grau de habilidade, pois estes são considerados armas brancas do ponto de vista do direito penal. É uma questão relevante para a segurança pública do estado”, justifica o deputado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.