quinta-feira, 17 de abril de 2014

Clarissa Garotinho luta para melhorar a qualidade de vida dos portadores de deficiência visual


A Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (16), em segunda votação, projeto de lei que reserva assento ao acompanhante da pessoa com deficiência em teatros, cinemas e casas de shows. Segundo a deputada estadual Clarissa Garotinho (PR), autora da proposta, a intenção é assegurar ao deficiente o pleno direito de acessibilidade a todos os espaços culturais.
“Muitos centros culturais localizados em nosso estado já reservam espaços exclusivos para pessoas com deficiência, mas não é suficiente. Como não conseguem se movimentar sozinhos, muitos deficientes dependem do auxílio de um acompanhante, seja alguém da família, um profissional de saúde ou um cuidador”, justificou Clarissa.

O projeto prevê ainda que, se houver preço promocional de entrada para a pessoa com deficiência, o benefício deverá ser automaticamente estendido ao acompanhante. Os estabelecimentos culturais terão seis meses, a partir da regulamentação da lei, para as adequações necessárias, sob pena de advertência, multa e interdição. O estado do Rio de Janeiro tem 3,9 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.