terça-feira, 18 de março de 2014

Exclusivo: Filho com problemas mentais mata a mãe com machadadas


Uma tragédia envolvendo uma família do bairro Fernandó. Por volta das 17h e 30min desta segunda-feira (17), Joel Silva Lemos, conhecido popularmente como Joel Negão, matou com golpes de machado sua própria mãe, a Sr. Erondina Silva Lemos, de 81 anos.
A Guarnição de PATAMO composta pelos Sargentos Honorato e Soldados Nascimento e Josias, juntamente com Supervisão de Oficial Tenente Silveira que se deslocaram até a Estrada Queima Sangue nº 352, onde a vitima vivia. Eles encaminharam Joel a 107ª DP, onde o Delegado Dr. Fábio o autuou em flagrante no artigo 121, parágrafo 4º do Código Pena, ficando preso a disposição da justiça. O RO está registrado o nº 107-00339/2014. O corpo da Sra. Erondina Silva Lemos de 80 anos, (genitora do autor do fato), foi removido para o IML de Três Rios. O machado usado no crime foi apreendido em 107ª DP.
            Uma mulher muito respeitada por todos. Assim era dona Erondina, uma pessoa meiga, batalhadora e educada. Por mais simples que tenha levado a vida cuidava muito bem de sua família. Nas horas vagas era artesã e participava de grupos de artesanato da cidade, confeccionando belíssimos trabalhos manuais. No grupo em que fazia parte ela era chamada por todos como ‘Dona Eron’, um nome carinhoso dado pelos mais próximos.
            Por trás de seus olhares ninguém poderia imaginar o fim trágico que ela teria. Com um semblante humilde que tinha, escondia por trás de um lenço que sempre usava na cabeça um talento enorme para a arte. Nunca foi muito conhecida, pois não fazia questão de aparecer, mais tinha um brilho próprio.
       Segundo a polícia militar, o assassinato aconteceu no quintal de Dona Erondina. Familiares e vizinhos alegaram que o assassino preso em flagrante tinha problemas mentais. Ao ser preso, ele teve que ser algemado nos punhos e nos pés, pois o desequilíbrio era enorme. O velório está acontecendo neste momento na capela Irmã Dulce e o enterro será no cemitério municipal Dr. Leopoldo, no centro da cidade.


Redação | Paraíba do Sul AGORA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLOQUE SEU NOME NO COMENTÁRIO PARA QUE ELE SEJA ACEITO. Antes de ser publicado, seu comentário será lido pela administração do nosso portal para que possamos assegurar que não exista nenhum tipo de palavreado chulo, de baixo calão, denúncia sem prova, críticas desnecessárias ou quaisquer tipo de difamação ou calúnia. Caso seu comentário venha contribuir para a formação de opinião dos nossos leitores, ele será aceito e postado na íntegra.