terça-feira, 9 de julho de 2013

Recadastramento biométrico em Paraíba do Sul está previsto para 2015

A justiça brasileira vem adotando medidas para coibir às fraudes eleitorais durantes as eleições. Uma das alternativas que já estão sendo implantadas é o recadastramento biométrico, onde os eleitores deverão votar após colocarem suas impressões digitais num moderno aparelho de identificação.

            No estado do Rio de Janeiro apenas Niterói já aderiu à alternativa, o que serve de alerta para os sulparaibanos, que, de acordo com informações, provavelmente só precisarão se recadastrar em 2015.